Conta de luz ficará mais cara em junho

Nesta sexta-feira (28), a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu acionar a bandeira vermelha patamar 2, a mais alta do sistema de bandeiras tarifárias em junho. A mudança, em decorrência do nível crítico nos reservatórios das usinas hidrelétricas, deixará a conta de luz mais cara a partir do próximo mês, com a cobrança adicional de R$ 6,243 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos.

A baixa nos principais reservatórios do setor elétrico representa uma redução na geração de usinas hidrelétricas e necessidade de acionar mais usinas térmicas, que geram energia mais cara. 

A última vez que a agência reguladora acionou o patamar mais alto da bandeira tarifária foi em dezembro, após meses sem a cobrança adicional por conta da pandemia. 

Por Metro 1

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*