Faroeste: Em delação, advogado cita pelo menos 12 desembargadores baianos

TJ-BA

A delação do advogado Vasco Rusciolelli, filho da desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, presa com R$ 250 mil em casa, na Operação Faroeste junto com ele, cita o nome de 12 outros desembargadores supostamente envolvidos em esquema de grilagem de terras e venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA).

Entre as provas entregues à Procuradoria-Geral da República (PGR), constam a microfilmagem de um cheque depositado na conta de um dos magistrados citados por Vasco, sobre o pagamento de propina para a compra de imóveis de luxo em Praia do Forte.

O acordo de delação já foi assinado pela PGR e espera homologação pelo relator do inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Og Fernandes, que decidiu no início de julho, manter a prisão preventiva de seis denunciados na Faroeste.

Por Bahia.Ba

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*