Prefeitura de Vitória da Conquista anuncia reabertura de bares e restaurantes para julho

Bar e restaurante em Vitoria da Conquista Fome Stop – Foto: Renato Santana

A prefeitura de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, anunciou neste domingo (28), que a previsão de reabertura de bares e restaurantes da cidade é 2 de julho.

De acordo com a prefeitura, membros do Comitê de Representação Civil e Institucional participaram, neste domingo, de uma reunião com o objetivo de discutir os últimos dados epidemiológicos de Vitória da Conquista e sobre o Plano de Retomada Gradual das atividades econômicas.

Ainda durante o encontro foi apresentada a previsão para abertura do segmento de academias para 13 de julho, após avaliações dos dados epidemiológicas que serão colhidos durante essa terceira fase.

prefeitura já adiou, duas vezes, a terceira fase de reabertura do comércio da cidade, em que bares, restaurantes, lanchonetes e também academias voltariam a funcionar. O comércio reabriu na cidade no dia 1º de junho. A segunda etapa começou no dia 8 de junho.

A suspensão da reabertura ocorreu, pois segundo a prefeitura, a taxa de ocupação de UTIs, o número de casos na cidade, e também o número de óbitos levaram a gestão municipal à recuar.

No encontro deste domingo, a coordenação do Comitê de Gestão de Crise informou que apesar do aumento do número de casos confirmados, o quantitativo de pessoas curadas também aumentou. Além disso, segundo a prefeitura, a retomada de parte das atividades de alguns setores da economia desde o dia 1º de junho não refletiu na taxa de ocupação hospitalar na cidade.

De acordo com o a prefeitura, foi considerado também a taxa de crescimento de novos casos, que está em 3,99% e a taxa de ocupação de leitos de 42,98%. Os dados indicam que as taxas permanecem dentro dos parâmetros de segurança estabelecidos pelo protocolo de segurança para reabertura do comércio.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), divulgado na noite de sábado (27), Vitória da Conquista registrava 641 casos de pessoas infectadas, com 15 óbitos.

Por G1 Bahia

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*