Salvador: Massaranduba e Uruguai, passam a ter medidas regionalizadas

bairro de Salvador, massaranduba

Dois bairros da Cidade Baixa, Massaranduba e Uruguai, passam, a partir desta segunda-feira (25), a ter medidas regionalizadas visando a ampliação do isolamento social e ações de proteção à vida. O objetivo é conter o avanço do coronavírus.

O anúncio foi oficializado pelo prefeito ACM Neto, em coletiva virtual para divulgar a parceria com a Unicef visando a doação de kits de limpeza e higiene à população mais carente de Salvador nesse momento de pandemia.

Dessa forma, assim como continua acontecendo esta semana em Plataforma, Lobato, Liberdade, Bonfim, Brotas e Cosme de Farias, fica suspensa a realização de qualquer atividade econômica, formal e informal, também em Massaranduba e no Uruguai, só sendo permitido o funcionamento de atividades consideradas essenciais, a exemplo de supermercados, farmácias e estabelecimentos que utilizam o sistema de delivery, sem retirada no local, além de serviços de saúde.

Da mesma forma, as duas localidades da Cidade Baixa terão, a partir de hoje, ações de proteção à vida que envolvem distribuição de máscaras, realização de testes rápidos, medição de temperatura, doação de cestas básicas para feirantes e ambulantes, higienização de ruas, ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, apoio a instituições que atendam idosos, crianças e pessoas com deficiência e Cras Itinerante.

“Como temos feriados antecipados até esta quarta (27), e também suspendemos as atividades econômicas formais e informais na cidade na quinta (28) e na sexta (29), essas regras que valem nesses bairros entram em vigor em praticamente toda a cidade, pois nosso objetivo é ampliar o isolamento social e reduzir a pressão sobre os leitos de UTI nas unidades de urgência e emergência. Mas continuaremos, ao longo de toda a semana, com as ações de proteção à vida nessas localidades onde há medidas regionalizadas, que chegam a oito agora”, disse ACM Neto.

Por Secom | Prefeitura Municipal de Salvador

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*